Review Ciclocomputador GPS iGPSPORT iGS20E

O  iGPSPORT* iGS20E é um ciclocomputador com GPS simples, eficiente e de baixo custo. Tenho usado há dois anos, com performance satisfatória. O iGS20E é robusto, e pode ser montado diretamente no guidão com o suporte que o acompanha, preso com o-rings, ou através do suporte alongado, que possibilita um melhor ângulo de visão, na minha opinião.

Montado diretamente no guidão
O iGSPORT iGS20E pode ser montado diretamente no guidão com o suporte fornecido.

O melhor preço que encontrei atualmente foi R$248,00, no Mercado Livre, frete grátis. A versão com suporte alongado é cerca de R$50,00 mais cara.

Suporte alongado
Versão com suporte alongado.

O iGSPORT iGS20E vem em uma caixinha de papelão com compartimentos em plástico transparente (tipo blister) e manual em inglês, num pacote que se não é padrão Apple, por exemplo, é no entanto bem arrumadinho.

Screen Shot 2019-05-13 at 08.22.40
O que vem na caixa (versão com suporte alongado).

Como funciona:

O ciclocomputador possui dois botões: o da esquerda funciona como liga-desliga / start-stop e reset; o da direita para navegar entre as três páginas de dados. Para ligar, basta apertar o botão esquerdo, pressionando novamente para iniciar a corrida. O aparelho possui função auto-stop automática (para a gravação se o GPS não detectar movimento por alguns segundos, reiniciando com o movimento). Essa funcionalidade não pode ser desligada, ou seja, se você parar ele vai parar de gravar e continua depois, quando você voltar a andar. É resistente a água (IPX6), uma despreocupação em caso de chuva. A bateria de lítio, recarregável, dura cerca de 8 a 10 horas sem usar o backlit (embora o manual reporte 25 horas de uso). Carrega em poucos minutos através de qualquer carregador ou porta USB. É possível, em pedais mais longos, o uso de uma bateria externa, tipo Power Bank.

Uma limitação do iGS20E é a impossibilidade de customização das páginas (o que é previsível pelo baixo custo do equipamento), bem como, obviamente, a ausência de touch screen. Os números, porém, são de fácil leitura, grandes o suficiente para mim, mesmo sem óculos, um bônus para quem já passou dos 50. Outro possível problema – mas não no Brasil – é a impossibilidade de configurar de unidades para sistemas diferentes do Sistema Métrico Decimal. Assim, as unidades seguem obrigatoriamente esse sistema (km/h, ºC, km, etc).

A primeira página mostra o status do GPS e se os dados estão sendo gravados ou não (isto é, se o ciclista está em movimento – estas informações constam em todas as três páginas), marca a velocidade instantânea, a hora local, ajustada automaticamente pelo GPS, a distância percorrida e a altimetria instantânea.

Pressionando-se o botão da direita (a lupa), passamos à segunda página. Nela encontramos (na mesma posição da velocidade instantânea) a velocidade média, o tempo de viagem, o odômetro total de km percorridos e o gradiente instantâneo de inclinação  em percentagem (%), informação muito legal por sinal.

Na terceira página é mostrada a velocidade máxima, a data (no formato ano-mês-dia, também impossível de alterar), a temperatura em ºC e a contagem de calorias gastas naquela viagem.

O GPS do iGS20E possui boa precisão. Poucas vezes os dados e percursos no mapa gravados não bateram exatamente com os do Strava, mas em geral os dados coincidem. Creio que dependa de quantos satélites são detectados e das condições do local (entre prédios, céu muito nublado, etc, podem impactar a recepção). Também pelo satélite o equipamento recebe dados como hora, data e provavelmente temperatura (não creio que ele possua um sensor específico), além da informação sobre o por-do-sol que faz com que o backlit acenda automaticamente quando anoitece (super legal!). Mesmo com o display apagado, o backlit acende por cerca de 15 segundos quando um botão é pressionado.

Strava2
Dados gravados diretamente do Strava. Observe que os dados calculados de potência não coincidem com os calculados do arquivo gravado pelo iGSPORT (abaixo). Esse cálculo é feito pelo Strava, e não sei a razão da discrepância. Talvez o Strava leve em consideração o fato de eu usar um sensor de batimentos cardíacos, enquanto o pedal gravado pelo iGS20E não tem esse dado.
IGSPORT1
Dados gravados pelo iGSPORT iGS20E (arquivo .fit) e passados para o Strava. Os dados de potência são praticamente 50% dos calculados pelo Strava. Os demais dados coincidem inteiramente.

Caso necessário, é possível dar um soft-reset, sem perda dos dados salvos, caso aconteça algum problema. A viagem, no entanto, é reiniciada. Para isso basta apertar o botão esquerdo (Power) por 10 segundos.

Os dados, ao parar a viagem no botão esquerdo, são salvos em arquivo .fit e podem ser baixados para um computador pelo cabo USB fornecido e subidos para o Strava.

Screen Shot 2019-05-13 at 08.48.27
Como os dados aparecem no drive externo no computador.

Um detalhe importante: não é qualquer cabo USB que funcionará. Alguns cabos USB só possuem o protocolo de recarga. Assim, o iGS20E será carregado, mas o computador não o reconhecerá como um drive. O cabo fornecido (e outros vendidos por terceiros) possuem o protocolo de dados, e o computador reconhece automaticamente o iGS20E como um drive externo, dando acesso aos arquivos .fit.

O que não gosto:

  1. É pouco customizável, como já foi dito. Seria interessante ter, por exemplo, os dados da corrida na mesma página, como a distância percorrida e o tempo da viagem na mesma tela da velocidade instantânea. Dados secundários, como temperatura, data e hora poderiam ficar em outra página.
  1. Após desligar o equipamento não há como ver os dados da viagem que passou, a não ser baixando para o computador / Strava ou outro software que leia arquivos .fit. Considero isso um contratempo, não um problema propriamente.
  1. Ele não possui compatibilidade Bluetooth ou ANT+, e assim não suporta sensores externos (Cadência, medidor de potência ou batimentos cardíacos). O seu “irmão maior”, o iGS50E (preço médio R$450,00, ML) e o iGS618 (em uma faixa de preço totalmente diferente, em torno de R$1.200,00, mas com facilidades adicionais) possuem essas características.
  1. Após um ano e meio de uso, o iGS20E me assustou. Passou a congelar no meio de pedais, e uso ele como back-up do Strava, caso o smartphone por alguma razão não grave o passeio (como no caso de um Strava Challenge – tipo o Grand Fondo, onde o ciclista deve fazer pelo menos 100k em uma viagem – quando é desapontador se o smartphone dá algum pau e você não consegue comprovar o challenge); nesse caso,  o  iGS20E pode salvar o dia. Embora, em tese, o iGS20E apague os últimos arquivos quando a memória está cheia, sobrepondo-os com os mais novos, tenho bastante tempo de TI para desconfiar que esse poderia ser o problema. Tentei um hard-reset (Factory reset) seguindo os passos do manual: 

1) Desligue o iGS20E.

2) Conecte o iGS20E ao adaptador de energia por cabo USB.

3) Segure o botão esquerdo e direito ao mesmo tempo por mais de 5 segundos até que a indicação “FA” seja exibida.

4) Desconecte o iGS20E do adaptador de energia.

A Factory reset apagará todos os dados, inclusive todas as viagens armazenadas na memória e dados do odômetro total. Assim, se for o caso, faça backup dos dados .fit antes do reset.

O procedimento resolveu o problema, e o iGS20E está funcionando como novo. O odômetro foi zerado, mas meu controle de km é feito pelo Strava de qualquer forma, então isso não teve importância para mim.

Conclusão:

O iGS20E é uma excelente solução de baixo custo para ciclistas. O tipo, precisão e qualidade dos dados é perfeitamente aceitável para ciclistas amadores e as características do produto fazem dele um excelente investimento para quem quer controlar melhor suas quilometragens e outros dados, ou pedalar sem usar o smartphone e depois transferir o pedal para o Strava.

* o iGS20E é vendido também com outras marcas, como Atrio Bi091 20e, por exemplo, mas é exatamente o mesmo produto.

Manual do iGPSPORT iGS20E, em inglês

Esse post não é um publipost, o produto foi adquirido com recursos próprios e a avaliação não é tendenciosa, refletindo a opinião do autor. O link para o vendedor do ML tem caráter informativo e foi acrescentado por ser um dos que ofereciam o produto com melhor preço na época da publicação.

 

Anúncios

Os comentários estão encerrados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: