Limpando a bike depois de uma trilha

Ontem voltei de uma trilha que, se tinha alguma lama, o terreno molhado não deixou a bike muito suja não.
Mas era preciso dar uma geral… então fiz o básico:

1) Lavei os pneus com desengraxante (detergente comum também serve, ou sabão em pó) e uma escova média (do tamanho de uma mão, mais ou menos).
2) Depois de molhar para dissolver a lama seca lavei o quadro com o mesmo produto e uma esponja macia.
Continue lendo “Limpando a bike depois de uma trilha”

Pedal em ceará-Mirim

Domingo fomos pedalar com uma galera legal, guiada pelo Josmar da Bike Aventura. O pedal foi sensacional, com muita lama, do jeito que mountain biker gosta…

As paisagens de Ceará-Mirim são lindas demais, como vocês podem ver nas fotos abaixo.

Destaque para todos os amigos que fizeram o pedal conosco. Estou aguardando o resto das fotos, que postarei quando receber!

Continue lendo “Pedal em ceará-Mirim”

Trilha em Georgino Avelino

Esse pedal até essa cidade de nome simpático é cortesia de um grande biker, ausente por motivo justificado. Charles, o grande desbravador da região de Nísia Floresta e adjacências já havia me falado deste maravilhoso percurso e de como valia a pena.

Ontem, aproveitando o fim da folia carnavalesca, eu e o primo fomos ver onde é que a trilha que sai de Timbó, passa por Nísia Floresta, Currais e chega em Georgino Avelino ia dar. Continue lendo “Trilha em Georgino Avelino”

Da Lama… à diversão!

Uma coisa legal no Mountain Bike é que, como no surf, onde nunca se pega duas vezes a mesma onda, sempre as trilhas são ou estão diferentes.
Seja um animal que a gente vê, pessoas, mudanças na paisagem, seja por causa de mudanças terreno, com mais areia solta ou mais fácil de pedalar, todas as vezes que fazemos uma trilha podemos vê-la de outra forma, embora o caminho seja o mesmo. Continue lendo “Da Lama… à diversão!”

WordPress.com.

Acima ↑