26 – 27,5 – 29: Qual o aro certo para mim?

Muito tem se falado sobre aros de bikes hoje. Entre as dúvidas que chegam ao DLAC, essa, com certeza, é a principal e mais recorrente: devo comprar uma 26 ou uma 29? E as 27,5, o que são? As 26 estão obsoletas? As 29ers me farão pedalar melhor? São mais confortáveis? Aro 29 é só moda?

Sim, tem a questão do modismo. Descontando o fato que as 29″ são, realmente, uma ação pesada de marketing das fábricas para substituição das consagradas 26″, como se essas fossem “obsoletas” (não, não são “coisas do passado” hehehe), e vendidas como se fossem uma solução mágica para todos os ciclistas (o que não é verdade), é fato que as 29ers tem seu lugar em alguns casos específicos (mas não todos). Depende, essencialmente, de quais são seus objetivos e forma de pedalar.

Como já disse aqui, 26″, 27,5″ ou 29″ é uma questão quase filosófica. Na verdade, é interessante o ciclista ler bastante (veja os posts listados ao final) e chegar a sua própria conclusão. Se possível, testar por uns 20 km a bike com o aro pretendido.

Na nossa avaliação, Comparando apenas as 26″ e 29ers, o Aro 29 é muita vantagem quando você pedala em estradões, sem trechos técnicos, ou longos trechos de asfalto (que pode ser seu caso), e busca performance. Em competições de maratona, é praticamente imbatível. Já em pedal urbano, como de casa para o trabalho, onde se para muito em cruzamentos e semáforos, pode não ser uma boa. Porque a diferença essencial de uma aro 29 para uma aro 26 é o maior momento inercial da primeira; ou seja: é mais difícil por ela em movimento, mas, uma vez rodando, ela gira com mais facilidade.

Scott Aspect 26

Scott Aspect 26″
(fonte: fonte: Scott Bikes)

Scott Scale 27.5

Scott Scale 27.5″
(fonte: fonte: Scott Bikes)

Scott Scale 29er

Scott Scale 29er”
(fonte: Scott Bikes)

O aro 26 dá muito bem conta do recado se você pedala em trechos mais complicados, com single tracks (que são trechos dentro de mata – veja aqui ), com paradas, curvas apertadas e obstáculos, ou quando você pedala simplesmente a passeio, por prazer, sem a busca de um desempenho melhor. Ela é, naturalmente, mais ágil.

Note que as duas são boas. O que muda na história toda é o uso que você faz da bike. A 29 pode ser excelente para mim, e não fazer diferença para você. Ou vice-versa.

A seguir, algumas questões frequentes sobre a polêmica 26 x 29.

Sou baixinho(a). Uma 29er provavelmente não dará certo para mim.

Em relação à altura do ciclista, a escolha do aro nada tem a ver. A geometria das 29ers evoluiu, e ciclistas baixos podem usar até mesmo o mesmo tamanho de quadro indicado num Bike Fit, que usariam numa 26″. A questão que levará à decisão é o estilo de pedalada e o que o ciclista está buscando.

E o peso maior das 29ers?

Comparando-se bikes do mesmo nível (leia-se preço semelhante), as 29ers são mais pesadas, realmente, mas em algumas situações, bem mais eficientes, mesmo com peso extra.

As 29ers são mais confortáveis que as 26′?

Em relação a serem mais “confortáveis”, discordo. Não vejo diferença nesse sentido, mas sim em performance, em situações específicas. Se você busca conforto, pense seriamente numa full suspension. Se você busca MUITO conforto, procure outro esporte :-D.

Comprar uma 26 é comprar uma bike obsoleta?

Afirmo: comprar uma 26″ não é um erro. Não são bikes ultrapassadas, como a indústria quer (ou quis) fazer crer (eles querem é vender), e creio que ainda estarão disponíveis por um bom tempo no mercado. Mas, em determinadas situações (não necessariamente a sua), uma 29er ou 27,5 pode ser melhor escolha. Você tem que tirar suas próprias conclusões.

Para iniciar no ciclismo, vale a pena comprar uma 29er com componentes básicos ou é melhor comprar uma 26 com componentes  intermediários?

Mais uma vez: em se tratando de bikes com preço semelhante, como opinião pessoal, eu não compraria uma bike aro 29 ou 27,5 com componentes inferiores (principalmente grupo e suspensão) em detrimento de uma 26″ com componentes bem melhores. Nunca. Poderia escolher qualquer aro, mas com bikes utilizando componentes do mesmo nível. Pois um bom grupo e um bom garfo, creio, contam muito mais que 3 polegadas de aro.

E as 27,5?

Para começo de conversa, o aro 27,5 não é exatamente uma novidade. A Pirelli do Brasil tem pneus 27,5 há anos, e as bikes mais antigas (Barra Circular, Barra Forte e outras) vinham equipadas com esses pneus (26+1 1/2=27,5). É um padrão extremamente popular na Europa, principalmente em bikes de cicloturismo. Agora, o padrão está sendo experimentado, também, em mountain bikes. O raciocínio é, em parte, lógico: há uma melhoria na rolagem em relação às 26″, sem um aumento do momento inercial inerente às 29ers. Ou seja, ela parte mais fácil que uma 29er e rola mais que uma 26. E não pesa tanto quanto uma 29er. O melhor das duas… ou não?

Mais uma vez, tudo depende. Uma vez em movimento ela não terá a vantagem absurda da rolagem das 29ers; resta saber se essa perda será compensada pela facilidade de arrancada e maior agilidade nos singles da vida. De novo, a nossa opinião é que vai depender de você, do seu preparo, dos seus objetivos, do tipo de prova e terreno em que você corre. Não é um milagre, nem é para todos: é simplesmente mais uma opção, e isso é ótimo. Pessoalmente, simpatizo com elas ;-).

Como pensamento final, é indiscutível a melhor performance, em termos gerais, em aros maiores. Se você busca resultado, provavelmente uma 26″ não será sua melhor escolha. Se você pedala relaxadamente nos fins de semana, pratica trilhaturismo, explorando novas e intocadas paisagens, ou não está nem aí se chega na frente ou não, uma 26 dará conta do recado. Como exemplo, a Scott, sabiamente, já fez essa segmentação: Sua linha performance HT, a Scale, dá a opção entre 29ers e 27.5″. A linha para trail riding (passeios em trilhas), a Aspect, dá as três opções de aro.

Esse post é adaptado de comentários que respondem a dúvidas que nos chegam diariamente ao DLAC.

Para saber mais, leia esses posts:
https://dalamaaocaosbike.wordpress.com/2012/03/05/26-ou-29-ainda-a-duvida/
https://dalamaaocaosbike.wordpress.com/2011/03/30/26-ou-29/
https://dalamaaocaosbike.wordpress.com/2012/06/19/29ers-x-26-a-novela-continua/
https://dalamaaocaosbike.wordpress.com/2012/06/12/o-futuro-das-29ers/
https://dalamaaocaosbike.wordpress.com/2012/03/25/275-agora-pronto/

Não deixe de ler, também, os comentários, que são muito importantes!

Anúncios

Publicado em 29/10/2013, em 26, 27.5 e 29ers. Adicione o link aos favoritos. Comentários desativados em 26 – 27,5 – 29: Qual o aro certo para mim?.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: