XTerra Manaus está chegando!

No próximo dia 23 de junho acontecerá em Manaus mais uma etapa do XTerra Brazil Tour 2012. A prova promete ser duríssima – a temperatura, essa semana, segundo a meteorologia, baterá os 34º e a umidade relativa em torno de 80%. A previsão, para sábado, é de “trovoadas esparsas”.

A prova será sediada no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), uma organização militar “destinada a qualificar militares a cumprir missões, de natureza militar, nas áreas mais inóspitas da Floresta Amazônica brasileira”. Já dá para ter uma ideia do que esperar, não?

Mas o cross-triatlon do XTerra não é mesmo uma prova para iniciantes: São 1,5 km de natação, 30 km de MTB e 9 km de corrida em trilha, disputados nesta ordem, e se parece pouco para você, lembre-se que o percurso é em plena selva, em região de mata nunca explorada.

A fauna da região é, compreensivelmente, rica e variada, e possibilidade de encontro com animais, como a onça-pintada, a sucuri-verde e outros menos assustadores como tucanos e macacos, é real. Chove diariamente e o clima é quente e úmido, levando a um grande desgaste físico e psicológico.

Dois atletas potiguares, Cid Barbosa (Ecocil/ Kona/ Karranka Bikes/ Vitabrasilnet/ Mormaii/ Nadarte/ Sesi Clube/ K-Swiss/ R2L Sportswear/ Cid Barbosa Triathlon/ Hi Fit academia) e Álvaro Gouveia (TNT Fitness) lá estarão em busca dos seus melhores resultados, e a preparação é intensa.

Cid tem se preparado desde o início da temporada, para todo o circuito. A rotina de treinamento é de 20km de natação, 80km de corrida e 300km de bike, semanalmente. Para intensificar o treinamento, Cid passou duas semanas em Brasília, treinando com outros profissionais da modalidade, pois como a etapa de Manaus/AM é mundial, a vinda de atletas de fora do país deixa a disputa ainda mais forte. “Meu objetivo é a classificação para o mundial, disputado no Hawaii, e também melhorar a colocação do ano passado, que foi um 9º lugar. A prova em Manaus requer bastante atenção, pois a parte da bike é bem complicada, sendo a maior parte feita dentro da mata, com muitos tocos de arvores e raízes no chão, além do clima que é sempre muito úmido e quente. no entanto, quando chove a prova fica ainda mais difícil, pois o terreno é bem argiloso em algumas partes, e ao chover fica ruim para pedalar. No mais, acho que essas dificuldades deixam a prova ainda melhor, pois quem opta por correr este circuito está em busca mesmo dessas adversidades. Me sinto bem e pronto para mais esse desafio“.

“Quem opta por correr o XTerra está em busca mesmo dessas adversidades”.
Cid Barbosa

Álvaro Gouveia – Alvinho, para os amigos – seguindo dicas importantes de outros atletas que já fizeram esse XTerra, foi finalizando sua preparação focando bastante em treinos técnicos, uma vez que a exigência nas três modalidades é particularmente alta em Manaus. “Procurei trilhas bastantes técnicas, de nível alto e sempre nadar em lagoas com águas mais pesadas. Essa prova trará muita dificuldade ao atleta, já que é toda feito na selva e isso faz com que as dificuldades aumentem bastante durante a prova. Mas se o XTerra foi criado para atletas que gostam de desafios, não é de surpreender. Foi para isso que entrei no Cross-triatlon: superar desafios. Meu objetivo é ir a Manaus, fazer um bom resultado e voltar com a vaga para o mundial“.

“Foi para isso que entrei no Cross-triatlon: superar desafios”.
Álvaro Gouveia

A atleta Manuela Vilaseca (The North Face/Aqua Sphere/Hammer/Xterra), Campeã do Xterra The North Face Endurance Ilhabela 80k (2012) e do La Mission Ultra Trail 167km – Patagônia (2011), em declaração para o DLAC, disse:

Essa será a minha segunda vez na selva amazônica para participar do Xterra e a expectativa é sempre grande. A prova é parte do circuito mundial, por isso ela é muito disputada e o nível dos atletas é muito alto. Sei que vai ser uma prova muito dura porque faz um calor fora do normal, mas estarei lá para fazer o meu melhor. Participar do Xterra é sempre muito bom porque reunimos uma tribo de amigos muito especiais. Acima de tudo quero me divertir!

Manu Vilaseca no XTerra Manaus 2011.

Boa sorte Manu, Cid e Alvinho. Que os deuses dos triathlon estejam ao seu lado!

Gostou deste post? Clique no “Gostei” aí embaixo!

Posts relacionados:
Álvaro Gouveia – Jovem promessa no triathlon potiguar
Cid Barbosa e o Triathlon Extremo

Anúncios

Publicado em 20/06/2012, em Competições, XTerra e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Comentários desativados em XTerra Manaus está chegando!.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: