Papary – Currais – Georgino Avelino

Esse não foi um passeio do qual goste de me lembrar, não por causa do passeio em si, mas por causa da queda que levei – devidamente registrada por Paulo Yvens, companheiro do pedal, e devidamente postada no Youtube.

Mas a trilha vale a pena. Tranquila e agradável – já há outro registro aqui no blog – é tranquila e muito bonita, com alguns pontos interessantes. Como a ida e a volta é pela mesma estrada, a trilha corre o risco de ficar monótona, principalmente pelos longos 20 km (ida e volta) de asfalto entre Currais e Georgino Avelino; mas uma descida (de paralelepípedos) interminável em Nísia Floresta (quem não conhece pode dar um rolé interno na cidade para conhecer o Baobá) e a correspondente e desafiadora subida na volta valem o passeio. Há muito o que fotografar entre Nísia e Currais, e mesmo entre a saída do Alambique da Cachaça Papary e Nísia Floresta, onde uns areiões vão testar seu giro.


PY e a conquista de Georgino Avelino


A linda região de Currais (uma pequena localidade entre Nisia Floresta e Georgino Avelino).


Ainda em Currais


O por do sol deixa a região ainda mais show


Os coqueirais na saída de Nísia Floresta


A trilha no mapa do MotionX. Veja as estatísticas no Google Earth (em Trilhas Mapeadas)



Não deixe de ver o percurso nas Trilhas Mapeadas!


Anúncios

Publicado em 20/05/2012, em Trilhas e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Comentários desativados em Papary – Currais – Georgino Avelino.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: