Giro D’Italia, Stage 3 – Uma chegada conturbada

Hoje é dia de descanso no Giro D’Italia. Mas ontem, na terceira etapa em Horsens, na Dinamarca (sim, é isso mesmo. A Europa não é tão grande assim), o ciclista britânico e atual campeão mundial Mark Cavendish (SKY PROCYCLING) foi derrubado a poucos metros da chegada por uma manobra inadvertida – e muito descuidada –  do venezuelano Roberto Ferrari.

A confusão derrubou ainda vários outros ciclistas, incluindo Taylor Phinney (BMC Racing), que é o atual líder do Giro, e se algum deles terá que se retirar da competição, que está apenas começando, por causa de lesões decorrentes da queda, ainda não se sabe. É possível que alguém tenha se machucado com alguma seriedade, pois a velocidade estimada, no momento do incidente, era de 75 km/h.

Cavendish, que tinha ganho a segunda etapa em Hernig, também na Dinamarca, no dia anterior, não ficou muito satisfeito com o ocorrido:

“Aparentemente Roberto Ferrari disse aos jornalistas, quando perguntado sobre o incidente, que ele não viu o que aconteceu atrás dele, e não se importou. Irá a equipe de Roberto Ferrari ou a UCI fazer a coisa certa? Outros ciclistas, incluindo eu mesmo, já fomos mandados para casa por muito menos”, disse Cavendish.

Roberto Ferrari, que chegou em nono lugar, perdeu todas as posições, indo para último lugar. Por enquanto, esta é a sua única punição. Veja abaixo o vídeo da chegada.



Anúncios

Publicado em 08/05/2012, em Competições, Vídeos e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Rubens Santos

    O venezuelano deveria ser enviado de volta para casa depois dessa…

%d blogueiros gostam disto: