Thule 9027 Apex Swing 4 Bike

A busca por novas paisagens nos faz ir cada vez mais longe, à procura das trilhas perfeitas. É comum viajarmos 100km ou mais para fazer um pedal de 60, 70km e para isso precisamos de uma maneira segura e confiável para transportar as bikes.

Nesse ponto, a Thule é referência: não há meio mais eficiente e seguro de transportar a bike montada num automóvel, a menos que você tenha uma pickup e a transporte na caçamba.

Os racks Thule, sejam de traseira ou de teto, transmitem confiança: nunca ouvi falar de alguma bike que tenha sido presa adequadamente cair de um deles. Há quem prefira os racks de teto, que possuem a enorme vantagem de deixar a bike ilesa numa colisão traseira – terror de todo ciclista que tenha uma bike melhorzinha – mas que não servem aos distraídos, pois é fácil esquecer que a bike está lá em cima e querer entrar na garagem sem tirá-la…


Thule 9027 - a evolução em racks de traseira. Imagem: Thule.com


Sempre aperfeiçoando seus produtos, a Thule acaba de lançar o 9027 Apex Swing 4 Bike, o novo rack de traseira para transporte de até quatro bicicletas. Com design futurista, o 9027 vem pronto a encaixar em engates removíveis padrão (sem a bola), e possui a facilidade de movimentação lateral, mesmo com quatro bikes no rack, de forma a dar acesso ao porta-malas.

O design curvo dos braços promete aumentar a distância entre as bikes, reduzindo a possibilidade de contato (e arranhões). O novo desenho dos ecaixes permite agora, além de prender a bike no top tube, segurá-la também pelo seat tube, o que a torna estável e sem balançar.


Observe o design curvo dos braços e os "amortecedores" - em azul - nos encaixes apra as bikes. Foto: http://www.bikerumor.com


A Thule desenvolveu o RDT (Road Dampening Technology – tecnologia de amortecimento na estrada), que são amortecedores nos encaixes das bikes, desenhados para reduzir a vibração e o barulho.


Observe os "amortecedores em dois estágios" para prevenir vibrações entre as bikes. Fotos: http://www.bikerumor.com


A forma de instalação permite a remoção e encaixe sem o uso de ferramentas. Aliás, se você tem um Thule, um alerta: não deixe seu rack infinitamente preso ao carro, a não ser que você transporte a bike com frequência. Embora robusto e com garantia de 5 anos, o suporte sofrerá com arranhões, encostadas de carros (se for de traseira) e ferrugem. Retire-o e instale apenas quando for usar.


Instalação do Thule 9027 - Imagem Thule.com


Encaixe do engate - Foto: http://www.bikerumor.com


Se você for como eu – do time dos distraídos, que não tem coragem de usar rack de teto – considere a compra do 9027. Os modelos anteriores são excelentes, mas com esse a Thule se superou.

Posts relacionados: Como transportar sua bike

Anúncios

Publicado em 02/05/2012, em Reviews e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Favor me informar se existe algum suporte de bike homologado pelo detran, denatran, para utilização em moto.

  2. Salve DLAC !
    Todo dia eu aprendo uma coisa neste blog, vim aqui procurar sobre segurança e não encontrei sobre seguro para bicicleta, Existe o Brasil? Para roubo principalmete…
    Abraço!

    • Olá Márcio! Pois então, esse será o assunto de um dos nossos próximos posts.Mas como essas coisas não podem esperar, vamos adiantando aqui para você:

      Em geral, o seguro de bicicletas só cobre ocorrências de roubo (ato de subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência) e não de furto (consiste na subtração de coisa alheia móvel para si ou para outrem, com fim de assenhoramento definitivo. No furto não há violência ou grave ameaça, que difere do roubo por ser praticado mediante grave ameaça ou violência a pessoa). Ou seja, se a bike for roubada durante um arrombamento na sua casa, ou se o ladrão quebrar um cadeado ou corrente e a levar, possivelmente o seguro não cobre. Serve, basicamente, para casos de assalto à mão armada, embora alguns cubram também acidentes.

      A maioria das corretoras tem também um valor mínimo para a bike segurada – entre 4 e 5 mil reais – que deve ser comprovado por nota fiscal. Por isso, bikes montadas (ou upadas) podem ter a avaliação comprometida ou impossibilitada.

      De qualquer forma, você pode checar aqui nesses links e ver se alguma corretora se adapta à sua situação.

      Liberty Seguros

      Kalassa Brasil

      Estar Seguro

      Curta a nossa FanPage e fique ligado nas novidades, ok? http://www.facebook.com/pages/Da-Lama-ao-Caos/333903203299235. Abraços!

  3. Grato meu velho! Vou dar um jeito de assegurar minha magrela o quanto antes.
    E Super parabéns por prestar uma ajuda ímpar aos ciclistas do bem do nosso Brasil!

%d blogueiros gostam disto: