Trilha Catú – Cunhaú via Vila Flor

Nesse último sábado fizemos um excelente pedal, em parte refazendo o Desafio WM Rapanui, mas dando uma esticada até Barra de Cunhaú, passando por Vila Flor. Ao todo foram 42 km de tudo o que se possa imaginar numa trilha: muita lama, single tracks enormes, mata fechada, travessia de rio, banho de lagoa, estradões, canaviais, mais singles pela mata, o visual incrível do pier de Barra de Cunhaú, e por fim uma volta por um terreno acidentado, sem trilha, que heroicamente desbravamos pulando cercas e sendo gentilmente auxiliados por moradores locais (que nos ensinavam o melhor lugar para “invadir” ou sair das propriedades, quando imaginávamos uma reação hostil, que nunca aconteceu). Uma trilha para ficar na história.

A temerária travessia!


Felix se equilibrando também...


No pier

 

Uma panorâmica do Rio Cunhaú




A galera reunida em Cunhaú


A Casa de Câmara e Cadeia de Vila Flor, e um novo parceiro de pedalada.

 

E os estradões intermináveis para sprintar.






Posts relacionados
Desafio WM – Rapanui

Anúncios

Publicado em 12/02/2012, em Trilhas e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Aê… essa trilha tem bis ainda esse semestre? Euehuehueh Tô dentro heim!

  2. Claro que vai ter segunda chamada, sim… quem não foi vai ter chance de recuperação. Mas se faltar, não tem perdão: é reprovado e repete de ano!

  3. Massa, Paul! Já fiz uma trilha parecida com essa faz um tempo, lembra que eu falei? Foi com um cara local de Barra de Cunhaú à frente com sua bike… Eu, Joane, Santiago, Ana Célia, o guia e um amigo dele… Cunhaú-Vila Flor-Canguaretama-Cunhaú. Foi muito legal! Não foi diversa como essa, mas rolou algo parecido. Na próxima me convide que eu vou! Há braços, há pernas!

  4. Lembro sim, Charles! Esse roteiro, especificamente, é bem diversificado, mesmo. Sei o percurso de vocês, que também foi muito legal.
    Os trechos de mata com single track fazem da saída de Catu uma trilha diferente, mas juntando com o resto ela fica perfeita. Numa hora tivemos até de pular umas cercas e entrar numas propriedades, mas o pessoal, como sempre, é muito receptivo com os ciclistas. Foi show.
    Claro que chamo sim!
    Há Pernas!

%d blogueiros gostam disto: