Minha primeira bike – A novela. Capítulo V

O nosso herói, sentindo os sintomas da gravíssima infecção, se desespera:

Dureza….
Essa presta?

Não entendo das peças… só li Shimano… freio a disco… e ae Jesus??? Teria q trocar algo nela???

Ou da pra encarar como ela é?

Canadian X-Terra, figurinha fácil no Mercado Livre.

E eu só queria andar de bicicleta…. rsrsrsrs

O blogueiro, esse destruidor de lares felizes, continua botando pressão:

Giuliano, ela é bem básica, mas melhor q a mormaii ou a t-type. O câmbio acho muito fraco: a tendência é desregular muito e ficar sem passar as marchas direito. Outro problema é que ele da duas opções de suspensão (prefiro a RST Capa do que a Spinner Grind) e nao diz o modelo da pedivelas.
O fato é que você vai levar o que ta pagando, porque nao tem como fazer mágica com os preços: para vender mais barato o pessoal coloca peças muito simples, o que compromete a performance e a qualidade.
Para ter prazer no pedal a Bike tem que ter um padrão mínimo, senão vira uma chatice. As vezes é melhor uma bike com uma velocidade que uma com marchas que não passam ou emperram, ou com uma suspa que trava e enferruja.
Compre o melhor que você puder. Não esqueça: quem gasta mal gasta duas vezes!
Abraço, continuo aqui, ok?

POSTS RELACIONADOS

PRIMEIRO CAPÍTULO

SEGUNDO CAPÍTULO

TERCEIRO CAPÍTULO

QUARTO CAPÍTULO

SEXTO CAPÍTULO

SÉTIMO CAPÍTULO

OITAVO CAPÍTULO

ÚLTIMO CAPÍTULO

Anúncios

Publicado em 25/07/2011, em Primeira Bike - A Novela e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Comentários desativados em Minha primeira bike – A novela. Capítulo V.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: