Minha primeira bike – A novela. Capítulo I

Comprar uma bike, principalmente a primeira bike, é algo complicado. É semelhante a uma novela, em diversos capítulos.

Assim, quem quiser ver a novela do Giuliano, acompanhe os posts diários.

Começou assim, com um singelo comentário no Da Lama ao Caos, onde ele procurava indicações de qual bike comprar, para um uso urbano e tranquilo:

Comentário no blog dia 25 de abril 2011

Amigos… não manjo nada de bike, mas quero conforto pra dar uma corridinha com a familia de fim de semana, nada de trilhas, buracos nada… achei esta da Mormaii linda:

A Mormaii, primeira escolha do Giuliano.

Como a Caloi acima que falaram? :(Será que é muuuuuito porcaria???

Aguardo retorno para possivel compra.

Nessa faixa de preço mesmo. Obrigado!!!

—————–

Resposta do blog em 25 de abril de 2011:

Opa Giuliano, bem vindo ao pedal (quase!).

Seguinte, eu não compraria não. Como lhe disse, bikes full suspension baratas são sinônimo de dor de cabeça e componentes muito simples. Eu preferiria uma sem suspensão traseira (que chamamos de Hard Tail), tipo essa:

Mas se você vai fazer só um pedal urbano, a Caloi Aluminum pode servir bem.

O problema é que na simplicidade às vezes vão embutidos componentes de muito baixa qualidade. Resultado: as marchas não passam, a suspensão, quando existe, não funciona… Então a Caloi Aluminum (sem supensão) pode ser uma boa escolha, além de ser muito barata. Com o dinheiro que sobra você pode, eventualmente, fazer um upgrade de câmbio, que é o que talvez você necessite.

A Caloi Aluminum

Se você vai pedalar na cidade, com a família, não precisa de garfo com suspensão, nem muito menos suspensão traseira. Para esses pedais tranquilos, uma bike hard tail e com garfo rígido resolve. A Caloi Aluminum, repito, é uma boa (e barata) escolha. O câmbio dela não é lá essas coisas. Mas, com pouco mais de 300,00 você colocaria um grupo Shimano Acera completo, e teria uma excelente (e precisa) bike. O grupo é o conjunto de câmbio (dianteiro e traseiro), freios, pedivela (coroas), corrente, cassete (catracas) e movimento central. A linha Acera é muito boa. Se você resolver arriscar uma trilhinha depois (ou ruas muito acidentadas), sempre pode por um garfo com suspensão depois. Existem os garfos de entrada por pouco mais de 200 reais. Mas não seria nada urgente, acho. Se, por último, você se empolgasse com o ciclismo, o tal garfo e o grupo Acera merecem um quadro melhor que o Aluminum, mas esse é um upgrade maior.Outra coisa, Giuliano…

Quanto à Mormaii, embora ela realmente seja estilosa, os componentes (agora analisei melhor) não prestam, são péssimos.

Mico total.

Espero ter ajudado.

Grande abraço novamente.

Continua no próximo capítulo, amanhã.

POSTS RELACIONADOS

SEGUNDO CAPÍTULO

TERCEIRO CAPÍTULO

QUARTO CAPÍTULO

QUINTO CAPÍTULO

SEXTO CAPÍTULO

SÉTIMO CAPÍTULO

OITAVO CAPÍTULO

ÚLTIMO CAPÍTULO

Anúncios

Publicado em 20/07/2011, em Primeira Bike - A Novela e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Ok, muito obrigada!! 🙂

%d blogueiros gostam disto: