O Movimento Central

O movimento central é, simplificadamente, o eixo que une as duas pedivelas (braços onde se encaixam os pedais). Ele recebe a grande carga do movimento da pedalada, e se não for de boa qualidade pode apresentar folgas com o passar do tempo.

A peça basicamente consiste de um eixo, rolamentos e um encaixe para as pedivelas. Existem vários tipos no mercado, mas os mais comuns para MTB são:

Ponta quadrada: equipa bicicletas básicas e até algumas intermediárias. Alguns possuem rolamentos selados, outros não. Esses últimos são de muito baixa qualidade, e não servem para equipar mountain bikes, porque qualquer entrada de água (em poças, por exemplo) compromete os rolamentos, podendo causar até seu travamento. Num quadro de melhor qualidade pode ser o primeiro upgrade interessante.

Central de ponta quadrada


Octalink: O Octalink foi um padrão desenvolvido pela Shimano como alternativa ao central de ponta quadrada, que só tem quatro faces de contato com a pedivela. O sistema utiliza um eixo maior e mais rígido, com oito estrias. Essas estrias fornecem uma maior área de contato entre a pedivela e o eixo, para uma melhor transmissão de potência. A pedivela com encaixe para ponta quadrada não serve no Octalink ou vice-versa; então no caso de troca de sistema de movimento central geralmente é necessária também a troca de pedivela. Isso vale também para o ISIS e para o central com rolamentos externos, que mostraremos a seguir.


Central Octalink


ISIS: Abreviatura de International Splined Interface Standard é uma resposta da Chris King/Truvativ/Race Face ao padrão Octalink, e uma tentativa de padronizar os movimentos centrais com encaixes de pedivelas com 10 estrias, ao invés de 8. Obviamente, e por essa razão, não dá para conectar uma pedivela Octalink num central ISIS (nem o contrário). Considero equivalente ao Octalink, mas com a desvantagem de não aceitar pedivelas Shimano, mais populares que Truvativ ou Race Face.


Central ISIS


Central de Rolamentos Externos (Integrado):
Esta é uma tentativa de resolver várias questões associadas ao peso e rigidez. Devido ao diâmetro relativamente pequeno da caixa de movimento central (parte do quadro onde é rosqueado ou encaixado o central), que é de 36 mm para os quadros de rosca com o padrão italiano, projetos que colocam os rolamentos no interior do quadro podem ter rolamentos maiores e eixo mais fino, o que diminui a sua rigidez, ou rolamentos menores e eixos mais grossos (como o Shimano Octalink), que é mais rígido, mas menos durável. Então, os rolamentos externos permitem um eixo de grande diâmetro (mais forte) e oco (mais leve), além de rolamentos maiores (mais duráveis). Eles também oferecem uma maior distância entre as duas superfícies dos rolamentos, o que alguns consideram uma vantagem. As pedivelas são integradas ao eixo (a pedivela direita, com as coroas, faz parte do eixo, e a esquerda é parafusada ao eixo com dois parafusos Allen), daí o nome Integrado.



Central Shimano Integrado


Pedivela Shimano com Eixo Integrado (O central está no saquinho).


BB30/BB90: O BB30 e o BB90 não são rosqueados, sendo colocados sobre pressão (press-fit) no quadro – de forma diferente do Integrado, portanto, que fica com a cápsula dos rolamentos rosqueada por fora. Consequentemente, esses movimento centrais não servirão num quadro padrão, cuja caixa de rolamento central é com rosca. Claro, são menos compatíveis ainda com as pedivelas desenvolvidas para outros sistemas. O sistema economiza peso, ao aceitar um eixo de alumínio 30mm e eliminar a cápsula, onde normalmente estão os rolamentos. O quadro específico é uma desvantagem, em princípio. Mas quadros press fit tem caixa de movimento central de maior diâmetro, podendo acomodar um seat tube de maior diâmetro também, bem como chain stays mais rígidos.


Movimento Central BB30

 

Quadro para BB30 - Observe a caixa de movimento central sem rosca.


Sistema BB30 (em corte)


Acabei de achar esse excelente post sobre movimentos centrais no blog Projeto 29 Brasil. Vale conferir, principalmente pela explicação dos padrões BB.

Anúncios

Publicado em 10/03/2011, em Conheça sua Bike e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Muito bem explicado! Para mim, que sou gringo, eu careço muito esse tipo de informações para poder me virar na hora de comprar. Blog Vitória Sustentável http://vitoria-sustentavel.blogspot.com/ [Comentário transferido do Blogspot – Postado em 02/10/2011]

  2. Da Lama ao Caos

    Oi Emmanuel! Obrigado por acessar o blog! Estamos trabalhando numa versão em inglês, espero que logo esteja no ar.

%d blogueiros gostam disto: